Todos os posts de Roberto Liao Júnior

Mutley, o Ministério do Esporte e as medalhas

“[…]Medalhinhas para o Presidente
Condecorações aos veteranos
Bonificações para os Bancários
Congratulações para os banqueiros[…]”
Porrada, Titãs, (1986)

Ao me deparar com o novo (?) Programa do Governo Federal “Plano Brasil Medalhas”, com vistas aos Jogos Rio 2016, inevitáveis as lembranças do Mutley, aquele cachorro perdigueiro, inicialmente assistente do arquivilão Dick Vigarista, depois com a fama conquistada, protagonista de seu próprio desenho.

Na condição de auxiliar do Dick Vigarista, toda e qualquer ação e/ou omissão do Mutley nos mirabolantes planos do seu chefe, eram mediados por seu inesquecível bordão: “Medalha, Medalha, Medalha!” Continue lendo Mutley, o Ministério do Esporte e as medalhas

Olimpíadas 2016 e a Educação Física Escolar

“Durante quatro anos procuramos descobrir quem controla o esporte, para onde vai o dinheiro e porque um mundo considerado belo e puro há dez anos tornou-se antidemocrático, obscuro, cheio de drogas e acabou leiloado para servir ao marketing das companhias multinacionais”

Simon e Jennings, Os Senhores dos Anéis, 1992.

Terão se passado oitenta anos da primeira tentativa em sediar uma Olimpíada, quando daqui a sete anos, o “pontapé inicial” for dado na Cidade Maravilhosa, cheia de encantos mil, como com propriedade é decantado o Rio de Janeiro. Estima-se que sete em cada dez reais alocados para o evento venham do poder público federal, estadual e municipal, o que por si só já traria uma monumental preocupação, não obstante ser quase um escárnio quando nos deparamos com a degradada estrutura existente nos equipamentos públicos, dentro ou fora das escolas, assim como a aviltante condição material de vida de grande parte dos Trabalhadores em Educação espraiados pelo país! Continue lendo Olimpíadas 2016 e a Educação Física Escolar

A Copa do Mundo é nossa… com o e com a Capital não há quem possa!

No dia 31 de maio de 2009, depois de demorada, ardilosa e estratégica espera desde a definição do Brasil como País sede do vigésimo certame internacional, ocorrido em 30 de outubro de 2007, finalmente o Brasil e o Mundo souberam, após manifestação dos magistrados da FIFA, no caribenho arquipélago de Bahamas em Nassau, as doze cidades sede que abrigarão a Copa do Mundo de 2014. Continue lendo A Copa do Mundo é nossa… com o e com a Capital não há quem possa!