O Observatório do Esporte

BrasilO Observatório de Políticas de Educação Física, Esporte e Lazer (o Observatório do Esporte) configura-se como um Grupo de observação, estudos e pesquisas de políticas centradas nas áreas mencionadas. Organizado sob a forma de Grupo de estudos e pesquisas desde o ano de 1999, encontra-se cadastrado no Diretório de Grupos do Conselho Nacional de Pesquisa do Ministério de Ciência & Tecnologia do Governo brasileiro, CNPq/MCT.

Diferentemente dos Grupos tradicionais de estudos e pesquisas, sua natureza de Observatório lhe empresta a característica de intervir direta ou indiretamente nas políticas da área, seja no processo de elaboração como no de monitoramento crítico de suas execuções. As observações dele derivadas subsidiam a sociedade civil organizada no seu movimento de acompanhamento da ação dos responsáveis pela execução das políticas, tenham elas natureza pública ou privada, governamental ou não governamental.

Constituído por pesquisadores de distintas instituições de educação superior brasileiras, muitos deles líderes de Grupos em suas universidades — o que lhe define a singularidade de ter seus vínculos estabelecidos individual e institucionalmente —, além de jovens envolvidos em processos de iniciação científica, busca atender à demanda de uma área de concentração de estudos e pesquisas relativamente nova no universo da pós-graduação da educação física brasileira, por si só também nova, à medida que sua estruturação remonta ao final dos anos 70 do século passado.

 Com efeito, estudos sobre políticas de educação física, esporte e lazer começam a ganhar evidência em nosso país no exato momento de seu processo de redemocratização, nos idos da década de 1980, momento em que as reflexões levadas a efeito na educação física estabelecem a possibilidade da superação de sua relação paradigmática com a aptidão física, na direção da construção de um outro vínculo paradigmático, dessa feita de natureza histórico-social.

O advento de governos populares e democráticos conduz a um processo de abertura dos debates circunscritos à elaboração de políticas governamentais centradas em princípios comprometidos com a lógica da democratização da gestão, sinalizando para a procedência dos esforços da qualificação da participação popular na elaboração, execução e controle social das políticas brasileiras.

É dentro desse contexto sócio-político que o Observatório de Políticas de Educação Física, Esporte e LazerCNPq/Unicamp vem efetivando sua contribuição para o avanço tanto dos referenciais teórico-metodológicos para a elaboração e execução das políticas quanto no concernente à observação crítica das políticas em ação, seja aquelas existentes no âmbito governamental quanto as presentes no campo privado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *